Raisparta os pombos Reload

Há uns meses escrevi um artigo declarando a minha total ausência de carinho e respeito pelo bicho pombo. Não me contive nas palavras e recebi dezenas (na verdade foram só 2) de comentários depreciativos à minha pessoa. Que eu sou isto, eu sou aquilo, tudo de gente bonitaça que transpira mimo pelo bicho pombo. Aceita-se.

Mas, e porque me encontro de mal com o mundo, não negarei as minhas convicções. O pombo não é um animal, o pombo é um bicho. Logo aí, já dá para ver para lá de bué de cenas. O bicho pombo não é bonito, é feio foda-se! O bicho pombo não é asseado. Dejeta onde quer e nunca vi nenhum a limpar o cú. O bicho pombo não tem maneiras a comer – come toda a merda que apanha no chão. E se à mesa comesse provavelmente seria daqueles trambiqueiros que fala de boca cheia e alarga os cotovelos para cima do vizinho. O bicho pombo estaciona-se onde quer e lhe apetece, em qualquer palmo de chão. E nunca faz pisca quando encosta.

Um homem é um homem, um caranguejo é um caranguejo e um pombo é um bicho! E nem quando tem uma asa debilitada consegue ser fofinho.