O melhor remédio para a prisão de ventre (ou para a constipação como dizem os ingleses)

Eu sou internacionalmente famoso devido ao meu trânsito intestinal. As revistas da especialidade como a Super Interessante ou a Caras publicaram já, por mais que uma vez, investigações exaustivas sobre a regularidade britânica do meu exercício. A minha pontualidade no que toca ao defecar é de tal forma intransigente que a minha vizinha de cima acerta o relógio pelo ruído provocado pelo autoclismo. Há poucos dias recebi mesmo um pedido para uma entrevista de um estudante universitário cuja tese de mestrado anda à volta da íleo-cecal, a válvula que separa o intestino delgado do intestino grosso.

De vez em quando, sobretudo em alturas de maior ansiedade quase sempre provocadas pela queda dos meus pelos da sovaqueira, lá calha ter maior dificuldade em evacuar. É raro, mas acontece. Há quem diga até que a minha privação de sanita é indício de mau tempo, como aquelas velhas que sentem cotocadas nos ovários dois dias antes de chover. Os laxantes a mim não me fazem nada, é o mesmo que coçar o rabo com uma urtiga. Nessas alturas tenho mesmo de optar por medidas extremas.

– Sr. Armando, dê-me um Ventil e o Correio da Manhã, faz favor.

– Correio da Manhã? Mas anda outra vez aflito?

– É. Lá calha. Mas isto vai.

– Vou já ligar à minha Maria para pôr roupa a estender hoje.

Hoje estou num desses dias. Após o banho, reparei que tinha a toalha cheia de pelos das axilas e fiquei logo em tormentos. Mas estou já aqui a esgravatar o CM e cheira-me que já não dura muito. Basta-me ler a gordas para recuperar o equilíbrio.

“O talho de Manuel Mota foi ontem vandalizado pela 3ª vez”

“Agrediu vítima à coronhada com a arma de serviço”

“Mulher foi anteontem ao hospital com ferimentos, Partiu o nariz.”

 “Assassina irmã”

“Mata o pai a tiro”

“Choque brutal destrói família”

“Menino cai na escola e fica em estado grave”

“Homem bebeu a própria urina – sobrevive quatro dias num túmulo”

“Cadela buzina para chamar os donos”

“Kate grávida pela sexta vez”

“Ciclista com 3,60 g/l”

“Fica com faca no pescoço”

Acho melhor nem ir à revista porque se não já nem chego à casa de banho.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s