Dispensáveis – Ana “Turbinada” Malhoa

Dispensáveis

Dona de múltiplas identidades (La Makina, La Bomba, La Badalhoca) é uma assassina sem escrúpulos procurada pela Interpol em todo o Alto Alentejo e Beira Baixa, onde participa habitualmente em corridas de automóveis quitados. Como armas de assalto tem preferência por granadas de silicone e balas de botox. Fluente em castelhano, foi descoberta num bailarico de verão, onde envenenou um colega da 4ª classe com uma cápsula de cianeto que escondida no seu sinal, convencendo-o que lhe daria um beija-beija atrás da igreja. Venceu o Prémio Camões com as suas crónicas publicadas na FHM e na Playboy nas quais reconhece que “a guerra não é vencedora”, mas “quando sube la temperatura” alguém tem de pagar. Faz um part-time servindo cocktails e fazendo shows de strip ao som de reggaeton no “Buereré Sexy Club”. Tem uma tatuagem por cada homem que já matou, reservando ainda um espaço junto ao púbis para a Ruth Marlene.

Saiba mais sobre os Dispensáveis aqui.

Anúncios

6 thoughts on “Dispensáveis – Ana “Turbinada” Malhoa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s